Publicações → Revista Direito Diário, 4ª Edição v. 1, n.1, abr/jun 2019 → Artigo: ARBITRAGEM E SUA APLICAÇÃO NA INTERNACIONALIZAÇ...
ARBITRAGEM E SUA APLICAÇÃO NA INTERNACIONALIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DE CONSUMO
ISSN: 2595-1408
Por Mayrenne Trigueiro Pereira Loureiro
Leia esse artigo
Resumo

O presente trabalho tem o propósito de trazer uma reflexão acerca da internacionalização das relações de consumo, eis que a proteção ao consumidor fez grandes progressos no Brasil e nos demais países do Mercosul e do mundo.  Este trabalho também pretende avaliar a importância do Instituto da Arbitragem, como um caminho alternativo na solução de controvérsias decorrentes de contratos nacionais e internacionais de consumo, por órgãos sérios e competentes, considerando-se uma importante via de pacificação social e de agilidade na composição de lides consumeristas, tanto sob o ponto de vista internacional como o aliado as vertentes nacionais. E ainda, demonstrar-se-á em breve estudo a importância do Direito Internacional Privado na sociedade contemporânea.

Palavras-Chave: Internacionalização dos Direitos do Consumidor. Arbitragem Nacional e Internacional. Cláusula Arbitral.

Abstract

This paper aims to reflect on the internationalization of consumer relations, and consumer protection has made great progress in Brazil and in the other countries of Mercosur and the world. This paper also intends to evaluate the importance of the Arbitration Institute as an alternative way to solve disputes arising from national and international consumer contracts by serious and competent bodies, considering an important path of social pacification and agility in the composition of consumerism, both from the international point of view and the allied national aspects. And yet, the importance of private international law in contemporary society will soon be studied.

Keywords:  Internationalization of Consumer Rights. National and International Arbitration. Arbitration Clause.

Referências

ALMEIDA, Paulo Roberto. O Mercosul no contexto global. In: Mercosul: lições do período de transitoriedade. Orgs.: Celso Ribeiro Bastos e Cláudio Finkelstein. São Paulo: Celso Bastos Editor, 1998.

ALONSO REGUEIRA, Enrique M.. Convención Americana de derechos humanos y su proyección en el Derecho Argentino. 1ª ed. Buenos Aires: La ley, 2013.

ANDRIGUI, Fátima Nancy. Arbitragem nas relações de consumo: uma proposta concreta. Revista de Arbitragem e Mediação. Brasília, ano 3, n.9, p.13-21, abr./jun. 2006.

AZEVEDO, Antônio Junqueira de. A arbitragem e o direito do consumidor in Direito do consumidor: tutela das relações de consumo. Claudia Lima Marques, Bruno Miragem (organizadores) São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2011, v. 6.

BACELLAR, Roberto Portugal. Juizados Especiais: a nova mediação processual. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2003.

BAPTISTA, Luiz Olavo. O MERCOSUL suas instituições e ordenamento jurídico. São Paulo: LTR, 1998.

BARREIROS, L.E.; LAVOPA, F.; PINTO, M.; RICART, L.T.; TURYN, A.. Las fuentes del derecho internacional en la era de la globalización. Buenos Aires: Eudeba, 2009.

BASTOS, Celso Ribeiro; FINKELSTEIN, Cláudio. A institucionalização do Mercosul e a harmonização das normas. In: Mercosul: lições do período de transitoriedade. Orgs.: Celso Ribeiro Bastos e Cláudio Finkelstein. São Paulo: Celso Bastos Editor, 1998.

BENZRIHEN, María Fernanda. La participación de los consumidores como generador de la cadena de valor del servicio público prestado por el Estado. In: Cuarto Congreso Argentino de Administración Pública – Sociedad, Gobierno y Administracón. Buenos Aires, 22-25 ago. 2007. Disponível em: http://www.ag.org.ar/4congreso/index.htm. Acesso em: 24/05/2018.

BRASIL. Lei 9.307 de 24 de setembro de 1996. Dispõe sobre a arbitragem. Disponível em  < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/ Ato2015-2018/2015/Lei/L13129.htm>. Consultado em 28 Abr. 2018.

_______. Lei 13.129 de 26 de maio de 2015. Dispõe sobre a arbitragem. Disponível em  < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13129.htm >. Consultado em 28 Abr. 2018.

CARMONA, Carlos Alberto. Arbitragem e processo. 3ªed. São Paulo: Atlas, 2009.

CARREIRA ALVIM, J. E. Comentários à lei de arbitragem (Lei nº 9.307, de 23/09/1996). 2ªed. Curitiba: Juruá, 2008.

CASELLA, Paulo Borba. Arbitragem para consumo. Disponível em: <http://www.arbitragem. com.br/artigos2.htm.> Acesso em: 14 out 2018.

CATALAN, Marcos Jorge. O procedimento do Juizado Especial Cível. São Paulo: Mundo Jurídico, 2003.

ETCHEVERRY, Carlos Alberto. A Nova Lei de Arbitragem os Contratos de Adesão: algumas considerações. In Revista Rev. TRT - 9ª R. Curitiba, a 33, v.61. jul/ dez. 2008

FILOMENO, José Geraldo Brito. Conflitos de Consumo e Juízo Arbitral. Revista de Direito do Consumidor, n.21, p. 38–50, jan./mar., 1997.

FUJITA, Thiago Figueiredo. A possibilidade do exercício da arbitragem nas relações de consumo brasileiras. In: Âmbito Jurídico, Rio Grande, XI, n. 60, dez 2008. Disponível em: <http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=4298>. Acesso em 13 out 2018.

FIGUEIRA JÚNIOR, Joel Dias. Arbitragem, jurisdição e execução. 2ªed., São Paulo: Revista dos Tribunais, 1999, p. 110, apud BERNARDI, Raquel Grellet Pereira. O contrato de adesão na arbitragem. Novos rumos da arbitragem no Brasil.

JACYNTHO, Patrícia Helena de Ávila; ARNOLDI, Paulo Roberto Colombo. A proteção contratual ao consumidor no Mercosul. Campinas: Interlex, 2001.

LEMES, Selma M. Ferreira. A arbitragem em relações de consumo no direito brasileiro e comparado. Aspectos fundamentais da Lei de Arbitragem. Rio de Janeiro: Forense, pp. 126 e 127.

MARQUES, Cláudia Lima. Comentários ao Código de Defesa do Consumidor. 4.ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2013.

___________; ARAÚJO, Nádia de. (Orgs.) O novo direito internacional - estudos em homenagem a Erik Jayme. Rio de Janeiro: Renovar, 2013.

MARTINS, José Celso. A arbitragem e as relações de consumo. Disponível em: . Acesso em: 18 jul. 2018.

MORAES, Márcio André Medeiros. Arbitragem nas relações de consumo. Curitiba: Juruá, 2005.

PAULA, Adriano Perácio de. Da Arbitragem nas Relações de Consumo. In Revista de Direito do Consumidor, n.32, p. 55-73, out/dez, 1999.

RECH, Carolina Magalhães. As Conferências Interamericanas de Direito Internacional Privado. Disponível em: < http://www.puc-rio.br/pibic/relatorio_resumo2008/relatorios/ccs/dir/dir_carolina_magalhaes_rech.pdf>. Acesso em: 15 agosto 2018.

RIBEIRO, Rodrigo dos Santos. A utilização da arbitragem na solução de controvérsias de consumo. Disponível na internet:

< http://www.publicadireito.com.br/artigos/?cod=c75b6f114c23a4d7 > Acesso em: 15 out 2018.

SARAVIA, Jorge Andrés. Sistema Nacional de Arbitraje de Consumo. Publicado en nuestra Revista el 19 de abril de 2002. Disponível em: < http://www.servilex.com.pe/arbitraje/colaboraciones/sistema_nacional_arbitraje_consumo_argentina.html>. Acesso em: 15 jul 2018.

SILVA, Ludmila de Paula Castro.  A Internacionalização das relações de consumo e sua perspectiva na Integração Regional do Mercosul. Disponível em: <http://www.seer.ufu.br/index.php/horizontecientifico/article/view/11708>. Acesso em 15 de out de 2018.

SILVA, Karine de Souza. Direito da comunidade europeia: fontes, princípios e procedimentos. 1ª ed. Ijuí: Ed. Unijuí, 2005.

SPECTOR, Horacio. Elementos de análisis económico del derecho. 1ª ed. Santa Fe: Rubinzal-Culzoni, 2004.

TRATADO PARA A CONSTITUIÇÃO DE UM MERCADO COMUM ENTRE A REPÚBLICA ARGENTINA, A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, A REPÚBLICA DO PARAGUAI E A REPÚBLICA DO URUGUAI (26/3/1991), disponível em: <http://www.jurisdoctor.adv.br/legis/mercosul.htm>. Acesso em 15 de out de 2018.

VERÍSSIMO, Marcos Paulo. A Arbitragem de Consumo na Espanha. Postado em 03 março 2011. Disponível em < http://www.egov.ufsc.br/portal/conteudo/arbitragem-de-consumo-na-espanha>. Acesso em 15 de out de 2018.