Publicações → Revista Direito Diário, Vol. 3, n. 1, jan/fev. 2020 → Artigo: AS MIGRAÇÕES FORÇADAS E A RESPONSABILIDADE E IM...
AS MIGRAÇÕES FORÇADAS E A RESPONSABILIDADE E IMPACTO SOCIAL PARA A SOCIEDADE BRASILEIRA
ISSN: 2595-1408
Por Jacira Pereira da Silva Nascimento
Leia esse artigo
Resumo
O presente trabalho visa traçar paralelos entre o Direito Internacional e suas nuances acerca dos Direitos Humanos, e os princípios constitucionais presentes na Constituição Federal de 1988, os quais são garantias fundamentais atinentes aos brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil. Também traça paralelos com relação ao comportamento da população brasileira frente à crise humanitária observada na Venezuela, bem como o choque cultural entre as sociedades ora apresentadas.   Palavras-chave: Direito Internacional. Direitos Humanos. Garantias Fundamentais. Migrações Forçadas.
Abstract
Este documento tiene como objetivo establecer paralelismos entre el derecho internacional y sus matices sobre los derechos humanos, y los principios constitucionales presentes en la Constitución Federal de 1988, que son garantías fundamentales para los brasileños y los extranjeros que viven en Brasil. También traza paralelos com respecto al comportamiento de la población brasileña frente a la crisis humanitaria observada en Venezuela, así como el choque cultural entre las sociedades presentadas aquí.   Palabras-clave: Derecho Internacional. Derechos Humanos. Garantías Fundamentales. Desplazamientos forzados.
Referências
ACNUR. Deslocamento global supera 70 milhões, e chefe da Agência da ONU para Refugiados pede maior solidariedade na resposta. 2019. Disponível em: <https://www.acnur.org/portugues/2019/06/19/deslocamento-global-supera-70-milhoes/>. Acesso em: 03 out. 2019.   ACNUR. Tendencias globales: desplazamiento forzado en 2016. Desplazamiento forzado en 2016. 2016. Disponível em: <https://static.poder360.com.br/2017/06/relatorio_acnur_espanhol_19.jun_.pdf>. Acesso em: 01 set. 2019.   ACNUR. Tendencias globales: desplazamiento forzado en 2018. Desplazamiento forzado en 2018. 2019. Disponível em: <https://www.acnur.org/5d09c37c4.pdf>. Acesso em: 03 set. 2019.   ASSEMBLEIA GERAL DAS NAÇÕES UNIDAS (Org.). CONVENÇÃO RELATIVA AO ESTATUTO DOS REFUGIADOS. 1951. Disponível em: <https://www.acnur.org/fileadmin/Documentos/portugues/BDL/Convencao_relativa_ao_Estatuto_dos_Refugiados.pdf>. Acesso em: 09 set. 2019   BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, 05 out 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm>. Acesso em: 09 set. 2019.   BRASIL. Lei nº 13445, de 24 de maio de 2017. Institui a Lei de Migração. . Brasil, Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/lei/l13445.htm>. Acesso em: 13 set. 2019.   BRASIL. Lei nº 9474, de 22 de julho de 1997. Define mecanismos para a implementação do Estatuto dos Refugiados de 1951, e determina outras providências.. . Brasil , Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9474.htm>. Acesso em: 01 nov. 2019.   CELI, Renata. Crise do Petróleo: o que foi, fases e consequências!. 2019. Disponível em: <https://www.stoodi.com.br/blog/2019/04/16/crise-do-petroleo-o-que-foi/>. Acesso em: 12 set. 2019.   CORAZZA, Felipe; MESQUITA, Lígia. Crise na Venezuela: o que levou o país ao colapso econômico e à maior crise de sua história. 2019. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-45909515>. Acesso em: 12 set. 2019.   FARENA, Maritza Natalia Ferretti Cisneros. Direitos Humanos dos Migrantes: Ordem Jurídica Internacional e Brasileira. Curitiba: Juruá, 2012. 202 p. Disponível em: <https://www.jurua.com.br/shop_item.asp?id=22496>. Acesso em: 02 nov. 2019.   MILESI, Rosita. REFUGIADOS E MIGRAÇÕES FORÇADAS: UMA REFLEXÃO AOS 20 ANOS DA DECLARAÇÃO DE CARTAGENA. 2015. Disponível em: <https://www.justica.gov.br/central-de-conteudo/estrangeiros/art_irmarosita.pdf>. Acesso em: 10 set. 2019.   Organização dos Estados Americanos (Org.). CONVENÇÃO AMERICANA DE DIREITOS HUMANOS. 1969. Disponível em: <http://www.pge.sp.gov.br/centrodeestudos/bibliotecavirtual/instrumentos/sanjose.htm>. Acesso em: 08 set. 2019.   IBGE. Panorama: Roraima. Roraima. 2019. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rr/panorama>. Acesso em: 01 nov. 2019.   PEREIRA, Gustavo de Lima. Direitos humanos e migrações forçadas: introdução ao direito migratório e ao direito dos refugiados no Brasil e no mundo. Porto Alegre: Edipucrs, 2019. 120 p. Disponível em: <https://plataforma.bvirtual.com.br/Leitor/Publicacao/173089/epub>. Acesso em: 03 set. 2019.   POLÍCIA FEDERAL (Org.). Refúgio em números: 4ª Edição. 2019. Disponível em: <https://www.acnur.org/portugues/wp-content/uploads/2019/07/Refugio-em-nu%CC%81meros_versa%CC%83o-23-de-julho-002.pdf>. Acesso em: 02 set. 2019.   RODY, Gustavo Carino. Entenda os motivos da crise na Venezuela: Venezuela passa hoje pela pior crise da sua história. 2019. Disponível em: <https://guiadoestudante.abril.com.br/blog/atualidades-vestibular/entenda-os-motivos-da-crise-na-venezuela/>. Acesso em: 12 set. 2019.   ROTERMEL, Aline Traple; CHAGAS, Inara; CARMELO, Sofia Oliveira do Monte; e outros. COMO COMEÇOU A CRISE NA VENEZUELA? 2019. Disponível em: <https://www.politize.com.br/crise-na-venezuela/>. Acesso em: 12 set. 2019.