O Nordeste ganhou uma chance na Internet. Uma chance para promover pequenas, micro e médias empresas, que em plena pandemia de COVID-19, estão sofrendo em seu processo de vendas, comercialização, prestação de serviços e fabricação.

A Região Nordeste, que é formada por Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe, luta contra a péssima qualidade da Internet, a falta de recursos para as empresas e ausência de estímulo para seu melhor desenvolvimento.

No dia 25 de dezembro, além de se comemorar o Natal, também se comemora o aniversário do Município de Natal e o lançamento oficial do sufixo de Internet .NOR.DES.BR, dedicado aos sites, blogs, Apps, páginas web, redes sociais e perfis nordestinos ou para quem quer ter uma presença virtual na Internet, porém indicando que é do Nordeste.

Em 2018, o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — NIC.br, que é uma entidade civil, de direito privado e sem fins lucrativos, que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil, lançou o projeto “Cidades .BR”, para a criação de sufixos regionais para cidades de todas as regiões do Brasil, como campinagrande.br para Campina Grande, sampa.br para São Paulo, saogonca.br para São Gonçalo e muitas outras. Porém tal projeto concedeu ao estado de São Paulo (o estado mais rico e desenvolvido do Brasil), o sufixo abc.br para a Região do ABC Paulista e com isto se tornou desigual o processo de identificadores na Internet para os demais estados, já que outras regiões, como Triângulo Mineiro, ou regiões geográficas como o Nordeste, ficaram de fora e impossibilitados de terem seus próprios sufixos na Internet.

Porém em 2020, foi lançado o projeto “Nordeste na Internet”, que criou o sufixo .NOR.DES.BR para a Região Nordeste.

O lançamento da categoria .NOR.DES.BR, ocorrerá no dia 25 de dezembro, ou seja no Natal e no aniversário da cidade de Natal, para que todos possam aproveitar o feriado.

O sufixo .NOR.DES.BR pode representar a palavra “Nordeste”, bem como “Nordetinos”, “Nordestinas”, “Nordestino” e “Nordestina”.

Para estimular a economia do Nordeste e uma transformação digital por parte das empresas, o sufixo .NOR.DES.BR será gratuito!

Em breve o site www.nordeste.nor.des.br estará disponível para que empresas, indivíduos, governos e organizações sem fins lucrativos possam ter seu endereço nordestino na Internet brasileira.