Educador, filósofo político, jurista e notável advogado, o baiano Carlos Mirandópolis – ademais das qualidades citadas – foi um dos grandes intelectuais brasileiros que integrou o movimento das Diretas Já. Sua importância é tamanha que ele consta listado no site Memória Sindical¹ e na página do documentário Diretas Já² ao lado de políticos de renome na recente política brasileira,  tais como Tancredo Neves e Leonel Brizola.

Só há um ponto negativo nessa história (estória!) invejável: Carlos Bandeirense Mirandópolis nunca existiu. Este homem e toda a sua trajetória narrada no Wikipédia de forma extremamente ornamentada nada mais é do que o produto da imaginação dos advogados Daniel Tavela Luís e Victor Nóbrega Luccas.

Os idealizadores do gracejo, ao criarem o perfil falso, buscavam dar uma lição aos seus estagiários, que costumavam utilizar informações da internet sem verificar a autenticidade das mesmas. Para tanto, eles pediram que os estudantes realizassem uma pesquisa acerca da “Teoria da Oferta Pública da Associação”, que não existe, mas que estava presente na página descritiva de Mirandópolis como a sua tese de láurea.

Porém, a situação tomou uma magnitude não esperada. A página, criada em 2010, só teve a sua falsidade descoberta nessa semana. Nesse intervalo de tempo, o “jurista” chegou a ser citado em trabalhos acadêmicos e em uma decisão proferida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que buscava discutir a inconstitucionalidade da Lei Estadual 6.583/2013.

Atualmente, a página da Wikipédia que narra os grandes feitos do “catedrático” da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo foi retirada do ar, sendo mantida agora como um hoax histórico, denominação dada a páginas criadas com o objetivo de transformar algo ou alguém falso em verdadeiro.

Nesse novo tempo em que a internet é a principal fonte de conhecimento, fica a o aviso e a lição para nós, juristas.

Referências:
[1] Memória Sindical. Disponível em: <https://web.archive.org/web/20160223133934/http://www.memoriasindical.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=931>. Acesso em: 25 fev. 2016.
[2] Diretas Já - o filme. Disponível em: <https://web.archive.org/web/20160223133753/http://www.diretasjaofilme.com.br/diretas-ja>. Acesso em: 25 fev. 2016.
[3] Imagem 01. Disponível em: <https://imgnzn-a.akamaized.net/2016/02/23/23165816499229.jpg?w=1040>. Acesso em: 25 fev. 2016.

Precisa falar com um advogado?

Preencha o formulário e entraremos em contato com você.

Obrigado! Entraremos em contato.
Opa, um erro ocorreu.