Tribunal mantém condenação de réu que fraudou irmã e sobrinho

Por unanimidade, a Terceira Turma do STJ negou recurso a cidadão condenado por fraudar a irmã na compra de um imóvel. Ficou mantida a decisão que o condena por danos morais e por restituição de valores. De acordo com o caso, o réu convenceu a irmã a comprar um imóvel para que pudesse dar de […]